Para permanecer com a saúde intacta, muitas medidas devem ser tomadas. Uma delas, claro, é procurar especialistas de tempos em tempos para realizar check-ups ou quando sentimos algum sintoma não usual no organismo. Outra é manter o cuidado com o corpo para fortalecer o sistema imunológico.

Se estes cuidados são importantes em tempos normais, atualmente, em época de pandemia, é preciso redobrar a atenção. Com o impedimento de frequentar academias e com a parcimônia para sair de casa, o jeito mais natural de se cuidar é manter a imunidade alta.

Exercícios físicos

É praticamente um consenso entre os estudiosos que os exercícios físicos moderados têm um efeito positivo sobre o sistema imunológico.  

Um dos fatores desse efeito está atrelado à diminuição do estresse. O corpo humano é uma engrenagem que precisa funcionar de forma harmônica. Exercícios físicos equilibram a relação entre os sistemas nervoso, endócrino e imunológico, porque promovem bem-estar, o que fortalece o organismo deixando-o menos exposto a doenças.

A regularidade dos exercícios promove o aumento dos linfócitos, células de defesa que matam os corpos estranhos ou invasores, como vírus, células tumorais e bactérias, estimulando a resistência.

Alimentação

Para completar ainda mais as medidas de fortalecimento da imunidade, uma alimentação balanceada e adequada é imprescindível, porque o sistema imunológico também é responsável por limpar o organismo, dentro de uma perspectiva preventiva, contribuindo para a sua manutenção.

Os alimentos verdadeiros são ricos em vitaminas e minerais. Abaixo, o RioDay Hospital elenca alguns:

– Alho e Cebola: estimulam enzimas e inibem o crescimento bacteriano;

– Carne, leite, peixes, aves, feijão e cereais integrais: contêm zinco e selênio, cuja falta pode deixar o organismo propenso a desenvolver diversas doenças imunológicas (por exemplo, doenças autoimunes, alérgicas e imunodeficiências);

– Cenoura e Brócolis: contêm vitamina A, cuja deficiência provoca redução no número de linfócitos;

– Chocolate meio amargo, linhaça e vinho tinto: contêm antioxidantes;

– Laranja, manga, morango e pimentão: são ricos em vitamina C, o que aumenta a produção de leucócitos.

– Ômega 3, presente no azeite e no salmão: ajuda a evitar inflamação de artérias;

– Tomate: removem radicais livres e combatem doenças cardiovasculares;

Lembre-se também de manter-se sempre hidratado, sobretudo à base de água.

O RioDay Hospital alerta para a necessidade do autocuidado na preservação da saúde nesse momento tão delicado. Acesse nosso site.

Agilize sua Internação