Os casos da chamada “orelha de abano” são de origem genética, atingindo de 2 a 5% da população e podem afetar a autoestima do paciente. No entanto, por mais que ela já se evidencie nos primeiros anos de vida, a cirurgia plástica corretiva, otoplastia, é indicada apenas para crianças a partir dos seis anos ou quando a orelha já estiver formada completamente.
Esse procedimento é um dos mais realizados entre crianças e adolescentes e tem fácil recuperação, desde que as recomendações médicas sejam seguidas.
Muitas vezes por ocasião de bullying entre os amigos ou por questões de autoestima, jovens de pouca idade se submetem a este tipo de cirurgia para evitar traumas. Apesar da grande busca de jovens, a otoplastia também é procurado por adultos.

A cirurgia


A operação tem o objetivo de realocar a orelha em sua posição, forma e ondulações naturais, para que ela fique mais colada à cabeça e aumentar o bem-estar dos pacientes. Sua duração aproximada é de duas horas.
O procedimento é realizado por meio de pontos nas cartilagens e, como é feito na parte posterior do órgão, a cicatriz fica praticamente imperceptível. Dependendo da idade, é possível a aplicação de anestesia geral, mas o mais comum é o uso da anestesia local.
Depois de remodelada através de cirurgia, a orelha deve permanecer com o curativo pós- operatório, ou “capacete” em seu nome mais popular, por dois ou três dias. É recomendado também que se evitem alimentos mais pesados nos primeiros dias, pois o movimento de mastigação da mandíbula pode incomodar um pouco o paciente em recuperação. A rotina normal pode ser retomada após uma semana.
Apesar da recidiva (ou seja, necessidade de nova cirurgia) ser de 10 a 15%, a tendência é que este número diminua, devida a técnicas cada vez mais modernas disponíveis no mercado.
O Rio Day Hospital possui os profissionais ideais e a estrutura mais completa para aumentar o seu bem estar e remodelar a moldura de seu rosto. Acesse o nosso site e conheça nossos serviços.

Agilize sua Internação