A tendinite é uma inflamação ou irritação no tendão que pode irradiar para os músculos adjacentes. Ela pode começar como uma dor, e caso se mantenha reincidente, pode terminar precisando de cirurgia para não levar a um quadro de invalidez.

O Rio Day Hospital, clínica para cirurgias de pequeno e médio porte no Rio de Janeiro, fala melhor sobre o assunto nesta postagem.  

 

O que é tendinite?

Os tendões têm a função de dar apoio aos músculos. Essa sustentação é fundamental para que os músculos se prendam aos ossos. Por isso, os tendões são estruturas fundamentais no sistema locomotor, permitindo o movimento dos seres.

Mas é aquela velha história: o programador passa grande parte do seu tempo digitando; halterofilistas, malhando; motoristas, dirigindo; ginastas, treinando, assim como muitos atletas, e as costureiras, fiando suas roupas com linhas e agulhas.

Uma postura inconscientemente estruturada pelo tipo de trabalho como o da costureira pode levar à tendinite. Da mesma maneira, um esforço repetitivo pode lesionar determinada região do corpo, as chamadas Lesões por Esforço Repetitivo (LER), o que pode causar a inflamação de um tendão, caracterizando a tendinite.

 

Que parte do corpo pode ter tendinite?

As articulações são os lugares mais comuns para tendinite, assim como qualquer região que possua tendões.

Pulsos, ombros, mãos, cotovelos, joelhos e pés são exemplos de regiões acometidas por tendinite.

 

Sintomas da tendinite

A região do corpo acometida pela tendinite sofrerá dores fortes e incessantes. Esse é o principal sintoma da doença. Realizar as atividades descritas ou outras que peçam um cuidado, como alongamento, pausas e consciência postural, e não tomá-los pode levar ao desenvolvimento das inflamações dos tendões que podem ser agudas (não duram mais do que 45 dias) ou crônicas (permanentes).

Existem outros sintomas de tendinite, além da dor. Por exemplo: a irradiação da dor dos tendões para regiões próximas, como os músculos. Se o movimento desse músculo agrava a dor, mais uma possibilidade de que exista tendinite nesse local.

Outros sintomas incluem ainda:

– Dores que impeçam a realização de movimentos que exigem força, como dificuldade para carregar peso;

– Dificuldade para realizar movimentos que exijam precisão;

– Espasmos musculares;

– Inchaço na região que ocorre dor podendo dar sensação de aquecimento e vermelhidão.

É sempre bom lembrar que, ao se perceber qualquer sintoma anormal no corpo, um médico deverá ser consultado.

 

Tratamento da tendinite

O tratamento da tendinite depende do grau em que ela se apresenta no corpo do paciente.

Para o primeiro e o segundo graus da inflamação, tanto medicamento anti-inflamatório e analgésicos como a fisioterapia são indicados. Nestas fases, também pode-se utilizar o método de imobilização da região com tipoias, gessos ou talas para completar a desinflamação da área.

O médico pode recomendar, da mesma forma, aplicações de gelo para ajudar na recuperação.

Já o grau 3 de tendinite exige cirurgia, pois pode levar à atrofia ou à inutilização da região afetada.

As sessões de fisioterapia podem continuar mesmo após o fim do tratamento, cirúrgico ou não, para fortalecer os tendões ainda mais, restabelecer os movimentos da região e evitar reincidências.

 

O Rio Day Hospital é uma clínica especializada em cirurgias de pequeno e médio porte no Rio de Janeiro. Equipada com moderna tecnologia, nós possuímos tudo o que o médico e o paciente desejam para seus procedimentos. Estamos funcionando normalmente seguindo todos os protocolos recomendados pelo Ministério da Saúde. Acesse o site.

Agilize sua Internação