5 de agosto foi comemorado o Dia da Saúde aqui no país. Mas saúde não merece foco numa única data. É resultado de bons hábitos no somatório dos dias, semanas, meses e anos. 

Pensando nisso, o Rio Day Hospital reuniu aqui 5 dicas simples, mas de grande eficiência para que você se sinta cada vez melhor e, com isso, possa ter um organismo mais forte e preparado para prevenir contaminações e doenças. 

São hábitos que exigem pouco tempo e que podem facilmente ser incorporados à rotina para trazer uma série de benefícios. 

Especialmente neste momento delicado e estressante, como o da pandemia, vale a pena reforçar os cuidados e a imunidade. Leia atentamente, aplique e veja os resultados. 

  1. A alimentação certa começa no supermercado.

Todo mundo sabe da importância de uma alimentação balanceada e rica em nutrientes. É o primeiro passo para garantir mais força, energia, disposição. 

Ela reúne fibras, vitaminas e proteínas. E resumidamente é do tipo: desembale menos e descasque mais. 

Na prática, porém, é fácil atacar enlatados, frituras e doces. Uma dica para combater esse comportamento é planejar bem a lista do supermercado. Encha a sua casa de frutas, hortaliças, leguminosas, ovos e carnes brancas. Dê preferência a pratos coloridos e atraentes. 

  1. Água, uma forma gratuita de autocuidado.

70% do nosso organismo é formado por água. Ela regula nossa temperatura, colabora com o funcionamento do aparelho digestivo, ajuda a lubrificar nossas articulações, tem papel fundamental na liberação das toxinas e traz até benefícios estéticos, aumentando o viço e melhorando a textura da pele. 

É recomendável para um adulto a ingestão de pelo menos 2 litros de água pura por dia. Para adquirir esse hábito, associe-o a outros que você já tem. Por exemplo: tome um copo ao acordar, outro a cada cafezinho, uma garrafinha na hora da atividade física e assim por diante. 

  1. Atividade física com frequência não pode faltar. 

E por falar em atividade física, este é outro comportamento que precisa entrar com regularidade na agenda.Ela costuma trazer qualidade de sono, reequilíbrio físico-químico, além de saúde mental. 

Mas atenção. Não adianta deixar apenas para os dias livres. Isso pode, inclusive, ser pior do que levar uma vida sedentária. 

Os “atletas de fim de semana” não têm músculos ou corações preparados e correm mais riscos de ter lesão, arritmia ou até parada cardíaca. 

Também não dá para definir qual o exercício mais recomendado e a dose ideal para você. Tudo depende da sua idade, motivação, aptidão e condições de saúde em geral. A dica é procurar um médico para isso.

  1. A qualidade do sono começa antes de ir para a cama.

Pequenos rituais podem garantir um sono reparador. 

Antes de se deitar, experimente: 

  • Ter desligado uma hora antes tevê, celular, computador e aparelhos eletrônicos.
  • Trocar cafés ou bebidas estimulantes por um chazinho natural de camomila, erva-cidreira, lavanda, passiflora ou casca de maçã.
  • Tomar uma ducha morna com a luz apagada.
  • Praticar meditação.
  • Manter os ambientes mais escuros, colocar música suave.


    5- Checkups frequentes fazem a diferença.

Na rotina de autocuidados, os checkups também são fundamentais. Eles podem prevenir e detectar precocemente várias doenças, principalmente:

– câncer,
– hipertensão,
– doenças cardíacas,
– diabetes,
– infecções urinárias,
– problemas de colesterol,
– obesidade.

Se você é um adulto e não tem nenhum problema com a saúde, pode fazer seus exames a cada dois anos.

Se tem alguma doença crônica, por exemplo, diabetes ou hipertensão, agende de seis em seis meses.

E caso tenha algum fator de risco, como obesidade ou tagagismo, uma vez por ano é o recomendado. 

Lembre-se: nossa saúde deve estar sempre em primeiro lugar. Cuide-se, compartilhe essas dicas com todo mundo que é importante para você. E, sempre que necessário, conte com os nossos serviços.

Agilize sua Internação